ReWorkReEntry_Blog_v2 (2)
Notícias

O Slack e o Aspen Institute se unem para ajudar ex-presidiários a construir uma carreira na área de tecnologia

Nova iniciativa chamada Rework Reentry vai ajudar a levar o Next Chapter a mais empresas nos Estados Unidos

Autor: By the team at Slack 29 de junho de 2022

Hoje, o Slack e o Aspen Institute anunciaram a Rework Reentry, uma nova iniciativa conjunta para ajudar ex-presidiários a construir uma carreira no setor de tecnologia. O objetivo é levar o Next Chapter, um programa de aprendizado de engenharia que o Slack fundou para cidadãos que estão em processo de reintegração à sociedade, a mais empresas nos Estados Unidos.

Essa colaboração inovadora entre o Slack para boas causas, o Aspen Digital e a Criminal Justice Reform Initiative, do Aspen Institute, tem como objetivo enfrentar as barreiras sistêmicas que impedem esses cidadãos de conseguir um emprego qualificado e bem remunerado no setor de tecnologia, assim como promover a ampla adoção de modelos de trabalho comprovados, como o Next Chapter. Graças a pesquisas abrangentes, engajamento direto com as principais partes interessadas e narrativas documentais, a Rework Reentry visa a ampliar as oportunidades de carreira para ex-presidiários, além de promover uma mudança cultural mais ampla.

Dan Porterfield, presidente e CEO do Aspen Institute, afirma: “A sociedade impõe barreiras significativas para ex-presidiários, especialmente quando se trata de conseguir um emprego estável e bem remunerado. É muito bom ver o Next Chapter e o Slack para boas causas sendo pioneiros em uma nova abordagem para enfrentar essa questão tão séria, começando no setor de tecnologia. Para o Aspen Institute, é uma honra fazer parte dessa iniciativa”.

Já nas palavras de Stewart Butterfield, CEO e cofundador do Slack: “Essa iniciativa é resultado do nosso longo histórico de defesa de pessoas afetadas pela justiça e de promoção da diversidade, da igualdade e da inclusão dentro do setor de tecnologia. Para nós, é uma honra colaborar com o Aspen Institute para aprofundar nosso trabalho nessa área e ajudar a ampliar o modelo que desenvolvemos para mais empresas parceiras”.

O lançamento da Rework Reentry hoje ocorre junto com o anúncio de que o Next Chapter passou a ter 14 parceiros contratantes, com a inclusão das empresas PayPal, Asana e Stash. Também hoje, o Slack anunciou uma nova série de documentários curtos chamada Home/Free, com produção do Slack para boas causas e em parceria com o Next Chapter, a FREEAMERICA e a Equal Justice Initiative.

O Next Chapter oferece aos cidadãos que estão em processo de reintegração à sociedade acesso a empregos qualificados e bem remunerados na área de tecnologia

Hoje, quase dois milhões de pessoas estão presas nos Estados Unidos, e 95% delas vão ser soltas um dia. No total, estima-se que 19 milhões de estadunidenses sofram as consequências colaterais de uma condenação criminal. Devido às severas desigualdades raciais no sistema penal dos EUA, esse fardo é desproporcionalmente maior para pessoas não brancas.

Após serem libertados, os ex-presidiários frequentemente ficam limitados a empregos mal remunerados, com poucas chances de avançar na carreira a longo prazo. Pesquisas mostram que a ausência de um emprego estável aumenta drasticamente a probabilidade de que a pessoa volte à prisão, o que faz com que o desemprego seja um dos principais indicadores de reincidência. Esse ciclo vicioso de soltura da prisão e de pobreza prejudica a todos, incluindo as pessoas em processo de ressocialização, suas famílias e comunidades, os empregadores e os contribuintes.

Em 2018, o Slack e suas organizações parceiras, a The Last Mile, a W.K. Kellogg Foundation e a FREEAMERICA, criaram o Next Chapter para ajudar a romper esse ciclo construindo caminhos para que os ex-presidiários consigam um emprego qualificado e bem remunerado no setor de tecnologia. As pessoas selecionadas para participar do programa de oito meses se inscrevem em um programa pago de imersão na área de engenharia de software e concluem o aprendizado em um dos parceiros contratantes do Next Chapter. Um elemento central do modelo do Next Chapter é o amplo apoio oferecido aos aprendizes e aos parceiros contratantes em colaboração com a rede de parceiros de organizações sem fins lucrativos que fazem parte do programa. Os aprendizes recebem uma mentoria profissional e técnica, além de serviços individualizados de ressocialização. Já os parceiros contratantes são orientados sobre como criar um local de trabalho mais igualitário e acolhedor para aqueles que estão voltando para casa após a prisão.

Depois de um programa-piloto no Slack, o Next Chapter passou a ter 14 parceiros contratantes. Três grupos de aprendizes, mais de 30 pessoas no total, concluíram a formação no programa. Cada aprendiz recebeu uma oferta de emprego em tempo integral após concluir o aprendizado. Isso permitiu a eles um rápido avanço na carreira em algumas das empresas de tecnologia que crescem mais rapidamente no país. Com esse sucesso, o Next Chapter, que agora é um projeto com patrocínio do Tides Center, está pronto para alcançar mais empresas nos Estados Unidos.

Segundo Deepti Rohatgi, diretora executiva do Slack para boas causas: “Nosso programa é transformador não apenas para os aprendizes, mas também para as empresas participantes, que, além de ganharem engenheiros talentosos e leais, demonstram, com o investimento nesse programa, que levam a sério a prática dos valores de igualdade e de inclusão”.

Kenyatta Leal, diretor executivo do Next Chapter, acrescentou: “Nós desenvolvemos um modelo que funciona. A questão agora é como podemos ampliá-lo para que mais pessoas que cumpriram pena na prisão e provaram que têm condições de mudar de vida possam ter uma chance real de viver o sonho americano?”

A Rework Reentry aproveita o sucesso do Next Chapter para ampliar oportunidades de carreira para cidadãos que estão em processo de reintegração à sociedade

Ainda há desafios para ampliar o Next Chapter no setor de tecnologia. Entre eles, estão os obstáculos que surgem no departamento jurídico e no de RH das empresas, as dificuldades para alcançar as pessoas afetadas pela justiça e informá-las sobre oportunidades de carreira na área de tecnologia e a resistência de alguns funcionários em trabalhar ao lado de pessoas que foram condenadas por crimes graves. Para enfrentar os vários lados dessa questão complexa, o trabalho da Rework Reentry se concentra em três áreas principais.

  • Pesquisa extensiva que vai resultar em um manual para empresas de tecnologia: por meio de longas entrevistas com parceiros do Next Chapter, defensores da ressocialização e pessoas afetadas pela justiça, além de pesquisas independentes, a Rework Reentry está desenvolvendo um manual estratégico que vai instruir as empresas de tecnologia sobre os desafios que outras organizações enfrentaram ao incluírem cidadãos que estão em processo de reintegração à sociedade na força de trabalho e vai oferecer estratégias específicas para superar esses obstáculos. O manual vai ser lançado no segundo semestre de 2022.
  • Engajamento direto com as principais partes interessadas nos ecossistemas de justiça e de tecnologia: a Rework Reentry está organizando vários eventos virtuais e presenciais nos próximos meses para reunir líderes do setor de tecnologia, parceiros da comunidade e defensores da reforma do sistema penal. O objetivo é debater a fundo a questão da inclusão de ex-presidiários na força de trabalho e propor ações.
  • Divulgação de narrativas documentais sobre encarceramento e ressocialização: a Rework Reentry tem o orgulho de apresentar um trailer recém-lançado da nova série de documentários curtos Home/Free em reworkreentry.org, o espaço de aprendizado on-line da iniciativa. Com narração do cantor, compositor, produtor, ativista e fundador da FREEAMERICA, John Legend, a série compartilha as histórias pessoais de ex-presidiários e as barreiras que todos eles enfrentaram depois de saírem da prisão, barreiras que realmente impedem aqueles que voltaram para casa de ser livres de verdade.

Como você pode ajudar

Para saber mais sobre a Rework Reentry e como ajudar a construir caminhos de carreira para cidadãos que estão em processo de reintegração à sociedade, acesse reworkreentry.org, o espaço de aprendizado on-line da iniciativa, ou nextchapterproject.org.

Em julho, a Criminal Justice Reform Initiative, do Aspen Institute, vai apresentar o webinar Breaking the Record: New Job Pathways for Returning Citizens, uma conversa com executivos e defensores comprometidos a criar oportunidades de emprego para ex-presidiários. Para ter mais informações sobre os próximos eventos virtuais e presenciais, acesse reworkreentry.org.

Se você tem interesse em levar o Next Chapter para a sua organização ou quer participar do programa de aprendizagem, entre em contato com o Next Chapter pelo e-mail info@nextchapterproject.org ou com o Slack para boas causas pelo e-mail slackforgood@slack.com.

Altos executivos de empresas de tecnologia interessados em participar de reuniões especiais sobre essa questão devem entrar em contato pelo e-mail aspendigital@aspeninstitute.org para ter mais informações.

Esta postagem foi útil?

0/600

Ótimo!

Agradecemos seu feedback!

Entendi!

Agradecemos seu feedback.

Estamos com problemas. Tente novamente mais tarde.

Continue lendo

Notícias

O Next Chapter passa a ter 14 empresas parceiras

PayPal, Asana e Stash se juntam como parceiros contratantes

Notícias

A série de documentários Home/Free mostra as barreiras da ressocialização para os ex-presidiários

O Slack, o Next Chapter, a FREEAMERICA, de John Legend, e a Equal Justice Initiative unem forças em nova série de documentários

Colaboração

Agora é seu momento de reinventar o trabalho

Está na hora de melhorar a inclusão, flexibilidade e conexão entre nossas equipes, não importa quando ou onde elas estão trabalhando