O que é um canal?

O Slack organiza as conversas em espaços específicos chamados canais. Os canais ordenam e esclarecem o trabalho: é possível criá-los para qualquer projeto, assunto ou equipe. Com as informações e as pessoas certas em um único lugar, as equipes podem compartilhar ideias, tomar decisões e agilizar o trabalho.

Dica: o Slack permite colaborar em canais com pessoas de dentro e de fora da sua empresa. Saiba mais sobre como usar o Slack Connect para trabalhar com pessoas de fora da sua empresa.


Canais públicos X Canais privados

No Slack, os canais podem ser públicos ou privados.

  • Os canais públicos promovem transparência e inclusão. Qualquer membro do workspace (com exceção dos convidados) pode visualizar e entrar em um canal público, o que possibilita que todas as pessoas tenham acesso às mesmas informações compartilhadas. As mensagens ou os arquivos postados em um canal público podem ser pesquisados por outros membros do workspace.
  • Os canais privados são destinados a conversas que não devem ser divulgadas entre todos os membros. As pessoas precisam ser adicionadas a um canal privado por alguém que já seja membro do canal. As mensagens ou os arquivos postados em um canal privado somente podem ser pesquisados pelos membros do canal.

Dica: ao criar um canal, você pode decidir se quer defini-lo como público ou privado. Posteriormente, é possível converter um canal público em privado. Mas, por razões de segurança, não é possível transformar um canal privado em público.


O canal #geral

Todos os workspaces do Slack têm um canal #geral, que é o único canal ao qual os membros (com exceção dos convidados) são automaticamente adicionados e não podem sair dele. A utilização ideal deste canal é para compartilhar comunicados com todo o workspace. O canal #geral não pode ser arquivado, excluído ou convertido em canal privado. 


Dicas sobre canais e práticas recomendadas