Transferir dados para o Slack usando um arquivo de texto ou CSV

Vai mudar para o Slack? Então use a nossa ferramenta de importação e um arquivo CSV, ou de texto delimitado, para transferir os dados de qualquer plataforma, como Microsoft Teams e Skype. Para saber mais sobre como importar dados para o Slack a partir de outras plataformas, consulte Importar dados para o Slack.


Prepare o arquivo de texto ou CSV

Para começar, você precisa preparar o arquivo de texto ou CSV para fazer upload em um workspace do Slack. Siga estas regras para garantir que os dados sejam importados corretamente:

  • Separe as mensagens por linhas
  • As mensagens com várias linhas devem ser representadas por caracteres raw newline, mas o texto deve estar entre aspas (")
  • Separe os dados das mensagens por colunas. As colunas devem seguir esta ordem: data e hora, canal, nome de usuário, texto
  • Organize as mensagens por data e hora (primeiro as mensagens mais antigas)
  • Todos os dados devem estar em um arquivo sem compressão
  • O HTML será com escape ou ignorado, com exceção dos links compartilhados em mensagens

Confira um exemplo desse tipo de arquivo:

"1357559471","equipe-marketing","karina","Quando é o lançamento dos novos anúncios impressos? Preciso combinar o evento com a agência."
"1357559472","equipe-marketing","olivia","Logo mais!”

Atenção: no momento, só é possível importar o básico (canais, mensagens e contas de usuários) por meio de arquivos de texto/CSV. No caso de algumas outras plataformas, é possível importar tipos mais robustos de dados usando nossas outras ferramentas de importação.


Fazer upload de um arquivo no Slack

  1. No computador, clique no nome do workspace na parte superior esquerda.
  2. Selecione Administração e Configurações do workspace no menu.
  3. Clique em Importar/exportar dados, no canto superior direito.
  4. Clique em Importar, ao lado de um arquivo de texto/CSV.
  5. Clique em Escolher arquivo, abaixo do seu arquivo CSV. O padrão é usar vírgulas, mas você pode alterar o delimitador.
  6. Clique em Iniciar importação. Mantenha a página de importação aberta durante o upload do arquivo. Quando o processo terminar, você receberá um e-mail e um aviso para continuar na página.
  7. No e-mail, clique em Ver resumo. Na página de importações, clique em Informações necessárias. Em seguida, mapeie os dados de usuários e canais.


Mapear dados de usuários e canais

Quando o upload do arquivo terminar, é hora de mapear onde os dados devem ficar no Slack.

  1. Primeiro, mapeie os usuários: confira o menu para escolher como associar os usuários aos membros existentes no Slack. Se as opções Criar e convidar usuário ou Criar um usuário desativado sem convidá-lo, estiverem selecionadas, será necessário um endereço de e-mail.
  2. Escolha Ações em massa para todos os usuários. Selecione Não mapeados para aplicar ações a qualquer pessoa não mapeada a usuários existentes ou Todos para aplicar ações a todos os usuários. Se preferir, em Ver usuários, aplique uma ação a cada usuário.
  3. Em seguida, mapeie os canais: confira o menu para escolher como mapear os canais no Slack. Caso o nome de um canal seja correspondente a um canal público existente, o mapeamento será automático para a consolidação. Se não houver nomes de canais públicos correspondentes, serão criados novos canais.
  4. Em Ações em massa, você pode escolher uma opção para aplicar a todos os canais. Se preferir, acesse Ver canais e escolha uma ação independente para cada canal.
  5. Clique em Salvar alterações.
  6. Confira a importação, depois clique em Sim, continuar com a importação

Atenção: algumas mensagens podem não ser importadas se o canal em que foram publicadas e o usuário que as publicou não forem transferidos para o Slack.