Criar fluxos de trabalho usando webhooks

Quem pode usar este recurso?
  • Todos os membros (por padrão)
  • Planos PadrãoPlus e Enterprise Grid

Com o Criador de fluxo de trabalho, é possível automatizar processos e tarefas de rotina direto no Slack. Para começar um fluxo de trabalho de outro serviço e trazer as informações para o Slack usando o Criador de fluxo de trabalho, crie um fluxo de trabalho usando webhook.

Confira tudo o que você precisa para começar

  • Saber como enviar solicitações HTTP por linha de comando ou outra ferramenta.
  • Entender os webhooks recebidos. Confira orientações sobre isso na documentação da API do Slack ou converse com um desenvolvedor da sua equipe.


Configurar um fluxo de trabalho com webhook

Criar um fluxo de trabalho

No Slack, os fluxos de trabalho são iniciados com acionadores. Os membros podem iniciar fluxos de trabalho quando quiserem no  menu de atalhos nos canais. Outros fluxos de trabalho podem ser iniciados depois de uma ação realizada pelo membro (por exemplo, entrar em um canal) ou de um evento (como um webhook que traz informações de outro serviço para o Slack). Por exemplo, você pode configurar um fluxo de trabalho que posta uma mensagem no canal da equipe de suporte ao cliente sempre que alguém envia um tíquete.

Dica: para ver instruções passo a passo para criar um fluxo de trabalho, acesse Automatize tarefas diárias com o criador de fluxo de trabalho.


Consiga a URL de solicitação do webhook

O Slack vai gerar uma URL de solicitação exclusiva para o fluxo de trabalho de webhook depois da publicação. As URLs começam com https://hooks.slack.com/workflows, seguido por uma string de caracteres aleatória e segura.

Mantenha a URL de solicitação protegida, pois qualquer pessoa com o link poderá acionar o fluxo de trabalho.

Observação: os fluxos de trabalho de webhook estão limitados a uma solicitação por segundo. Saiba mais sobre os limites de taxas no site da API do Slack.


Adicionar variáveis personalizadas

Dependendo do fluxo de trabalho, é possível adicionar até 20 variáveis para transmitir dados de outros serviços para o Slack ou incluir informações específicas do Slack (como nomes exibidos ou endereços de e-mail) nas mensagens postadas.

No caso de um fluxo de trabalho que posta uma mensagem sempre que um cliente envia um tíquete de suporte, pode ser necessário que a mensagem inclua um link para esse tíquete e o nome do agente de suporte atribuído. Para criar variáveis personalizadas, você pode adicionar pares chave-valor no Criador de fluxo de trabalho como variáveis baseadas em texto. Em seguida, visualize o resultado em JSON para garantir que os valores sejam correspondentes ao outro serviço que você conectou ao Slack.

Modal no app Slack para computadores, em que é possível adicionar variáveis personalizadas para fluxos de trabalho de webhook

Se você adicionasse variáveis para links de tíquetes de suporte e agentes atribuídos, o resultado em JSON ficaria assim: 

{
"support_ticket_link": "Example text",
"assigned_support_agent": "U123456789"
}

Dica: na hora de adicionar etapas a um fluxo de trabalho, você pode usar qualquer variável.


Publicar e testar o fluxo de trabalho

Antes de executar o fluxo de trabalho em um canal público, é possível selecionar um canal de teste ou a sua mensagem direta pessoal para a primeira etapa do fluxo de trabalho para garantir que tudo esteja funcionando bem. Para publicar as alterações e testar o fluxo de trabalho, siga as etapas abaixo: 

  1. No app para computadores, clique no nome do workspace na parte superior à esquerda.
  2. Selecione Ferramentas e depois Criador de fluxo de trabalho no menu.
  3. Clique em Seus fluxos de trabalho na parte superior esquerda. 
  4. Selecione seu fluxo de trabalho na lista. Depois clique em Publicar na parte superior direita. 
  5. Após publicar o fluxo de trabalho, envie um post para a URL de solicitação do fluxo de trabalho, usando a ferramenta que quiser.

Confirme que o fluxo de trabalho é iniciado conforme esperado, depois volte para o Criador de fluxo de trabalho e atualize a primeira etapa do fluxo de trabalho para postar no canal ou na MD correta. Em seguida, publique as alterações. 


Regenerar uma URL de webhook

Se uma URL de webhook for exposta ou precisar ser alterada por algum motivo, siga as etapas abaixo: 

  1. No app para computadores, clique no nome do workspace na parte superior à esquerda.
  2. Selecione Ferramentas e depois Criador de fluxo de trabalho no menu.
  3. Clique em Seus fluxos de trabalho na parte superior esquerda. Selecione um fluxo de trabalho na lista. 
  4. Ao lado de Webhook, clique em Editar
  5. Selecione Regenerar URL, depois clique no botão Copiar para copiar a nova URL para a área de trabalho. 
  6. Clique em Salvar

Observação: depois que você regenera uma URL de webhook, a conexão entre o fluxo de trabalho no Slack e o outro serviço será interrompida. Atualize o outro serviço com a nova URL para manter o funcionamento perfeito.

Dica: para saber mais sobre o gerenciamento de fluxos de trabalho, como adicionar colaboradores ou fazer alterações nas etapas, confira Gerenciar fluxos de trabalho em que você é colaborador.