Segurança e políticas de dados para canais compartilhados

Use o Slack Connect para compartilhar canais com as organizações externas com as quais você se comunica regularmente. Continue lendo para saber mais sobre como gerenciar os canais compartilhados com segurança e sobre como as configurações e as políticas de cada organização os influenciam.

Observação: para compartilhar um canal, todas as organizações participantes precisam estar usando um dos planos pagos do Slack. Se você usa a versão gratuita do Slack, saiba como fazer upgrade do workspace.


Revisar solicitações de compartilhamento de canal

Aprovar solicitações de compartilhamento de canal

Depois que um convite para compartilhar um canal é aceito, ele deve ser aprovado por alguém da organização que possui o canal com permissão para gerenciar canais compartilhados. Se o membro que aceitou o convite não tiver permissão para gerenciar canais compartilhados, alguém da sua organização que tenha permissão também deverá aprová-lo.

Antes que alguém da organização que é proprietária do canal (e, possivelmente, alguém da organização convidada) aprove um convite aceito, essa pessoa verá o nome da organização externa e o membro que aceitou o convite. A pessoa que aprovar o convite aceito poderá usar essas informações para confirmar que alguém do workspace dela ou da organização Enterprise Grid quer compartilhar o canal.

Recusar solicitações de compartilhamento de canal

Se alguém da sua organização enviar ou aceitar um convite para compartilhar um canal, mas você não tiver certeza sobre o objetivo dele ou não conhecer a organização externa, há algumas opções:

  • Recusar a solicitação de compartilhamento de canal.
  • Pedir aos membros mais informações, caso já estejam trabalhando com a organização externa de alguma forma.
  • Entrar em contato com a pessoa da organização que enviou ou aceitou o convite para obter esclarecimentos.

Definir permissões para gerenciar canais compartilhados

Por padrão, os proprietários e os administradores de workspaces nos planos Standard e Plus e os proprietários e os administradores de organizações no plano Enterprise Grid podem gerenciar canais compartilhados. Se eles quiserem, também poderão conceder essa permissão aos membros e permitir que eles aprovem ou recusem solicitações de compartilhamento de canal.


Retenção de mensagens e arquivos

As configurações de retenção escolhidas para o workspace ou a organização Enterprise Grid serão aplicadas às mensagens e aos arquivos enviados por membros da sua organização nos canais compartilhados. Qualquer conteúdo enviado por membros de uma organização externa nos canais compartilhados será retido ou excluído com base nas configurações de retenção escolhidas para o workspace ou a organização Enterprise Grid.


Edição e exclusão de mensagens

As configurações de edição e exclusão de mensagens para o workspace ou organização Enterprise Grid serão aplicadas às mensagens enviadas em canais compartilhados por membros da sua organização. Por exemplo, um proprietário ou administrador pode excluir as mensagens enviadas pelos membros do workspace em um canal compartilhado, mas não as mensagens enviadas por um membro de uma organização externa. Todos os workspaces podem ler o conteúdo ou os dados postados em um canal compartilhado, mas apenas o workspace que enviou os dados pode editar ou excluir esses dados do Slack.


Enterprise Key Management

Observação: a partir de setembro de 2020, o Enterprise Key Management (EKM) estará disponível para canais compartilhados. O EKM será aplicado de modo retroativo a todas as mensagens e a todos os arquivos enviados por membros da sua organização nesses canais.

Caso seja cliente do Enterprise Key Management (EKM), as mensagens e os arquivos enviados por membros da sua organização nos canais compartilhados serão criptografados com as suas chaves. Mensagens e arquivos enviados por membros de organizações externas não serão criptografados com as suas chaves, mas poderão ser com as chaves deles caso sejam clientes do EKM.


Ferramentas de exportação e APIs de descoberta

Ferramentas de exportação

Nos planos Padrão, Plus e Enterprise Grid, os administradores e proprietários de workspaces podem exportar dados de canais públicos compartilhados com organizações externas. Nos planos Plus e Enterprise Grid, os proprietários de workspaces e de organizações podem solicitar a exportação de dados de todos os canais públicos e privados compartilhados com organizações externas e de mensagens diretas (MDs) relacionadas entre membros das organizações externas.

As exportações dos canais compartilhados incluirão as mensagens dos membros das organizações externas que estiverem associadas aos nomes exibidos dos membros do Slack. No entanto, os membros externos à organização exportadora não serão incluídos na lista de membros do arquivo de exportação.

As exportações somente incluirão links de arquivos enviados por membros da organização que faz as exportações. Caso os arquivos não tenham sido enviados pelos membros da organização exportadora, os arquivos e todas as mensagens associadas não serão incluídos na exportação.

APIs de descoberta

No plano Enterprise Grid, os proprietários de organizações podem usar as soluções eDiscovery e de Prevenção contra perda de dados (DLP) para revisão e regulação de conteúdo. 

As API de descoberta permitem que todas as organizações no mesmo canal compartilhado leiam o conteúdo, qualquer que seja a organização proprietária do canal. No entanto, somente as mensagens e os arquivos enviados por membros da sua organização nos canais compartilhados podem ser editados ou excluídos pelas APIs de descoberta. Os nomes exibidos dos membros das organizações externas não serão retornados por meio dos métodos de usuário das APIs de descoberta. Em vez disso, os nomes deles serão retornados com o histórico de conversas.

Observação: se uma organização externa aplicar configurações de retenção personalizadas no workspace ou na organização Enterprise Grid, isso afetará os dados que podem ser exportados ou lidos em um canal.