Primeiros passos para criadores de workspace

Quer saber mais sobre como criar um workspace do Slack ou gerenciar um workspace novo? Então este guia é para você. Boas-vindas!

Dica: se você estiver começando a usar o Slack, leia O que é o Slack?, que traz uma visão geral de como tudo funciona. Para entrar em um workspace existente, confira Primeiros passos para novos membros.


Etapa 1: criar um workspace

Em primeiro lugar, acesse a página Criar um workspace e insira o seu endereço de e-mail. Vamos explicar cada etapa, mas você pode acessar Criar um workspace Slack caso precise de instruções passo a passo.

Primeira página exibida durante a criação de um workspace no Slack

Agora você é o proprietário principal do workspace. Vamos explicar o básico sobre o gerenciamento dele mais adiante neste guia, mas é bom terminar a configuração do Slack primeiro:

 

Etapa 2: gerenciar configurações e permissões do workspace

Antes de convidar os membros para participar do seu workspace, recomendamos se familiarizar com as permissões e configurações do workspace. Para ver as configurações do workspace, siga as etapas abaixo ou acesse my.slack.com/admin/settings no navegador.   

  1. No computador, clique no nome do workspace na parte superior esquerda para abrir o menu do workspace
  2. No menu, selecione Configurações e administração. Depois, clique em Configurações do workspace.

As guias ConfiguraçõesPermissões contêm uma lista completa de configurações que podem ser definidas para o workspace e permissões que você pode gerenciar para os membros. Confira algumas opções que podem ser ajustadas:


Etapa 3: organização e configuração do workspace

Agora que você já conferiu as configurações e permissões do workspace, é hora de criar a base que dará suporte aos seus colegas quando eles entrarem no Slack. 

Como organizar canais

É nos canais que a maioria das conversas acontecem nos workspaces do Slack. Um canal é um lugar para a equipe compartilhar mensagens, ferramentas e arquivos. Para manter os canais organizados, recomendamos que você desenvolva uma estratégia de nomenclatura e defina canais padrão para adicionar todos os membros novos que entram no seu workspace.

  • Como criar diretrizes para nomes de canal
    Pense em como você quer que os membros do workspace deem nomes aos canais. Que convenções de nomenclatura podem ajudar os membros a encontrar as informações que procuram com mais eficiência? O que pode manter o foco e a relevância das conversas?

    Recomendamos começar com canais amplos para departamentos (#design, #finanças, #recursos-humanos) e localizações de escritórios (#sao-francisco, #paris, #toquio).

    O artigo Como criar diretrizes para nomes de canal traz mais dicas e informações.
  • Como definir canais padrão para novos membros
    Além do canal configurado durante a criação do workspace, você perceberá que há um canal #geral e um #aleatório. Esses são os canais padrão do seu workspace, e todos os membros novos serão adicionados a eles. Recomendamos usar o canal #geral para comunicados da empresa, ou seja, informações que todos os funcionários precisam saber.

    Se quiser que todos os membros façam parte de outros canais, é possível defini-los como canais padrão. Quando um membro novo entrar no workspace, ele será adicionado aos canais #geral, #aleatório e a todos os outros canais padrão definidos.


Recursos dos planos pagos

Você pode usar a versão gratuita do Slack por quanto tempo quiser, mas os planos pagos têm alguns recursos adicionais, por exemplo:

  • O logon único dá aos membros acesso ao Slack por meio de um provedor de identidade, como G Suite ou Okta.
  • Com os grupos de usuários, é possível notificar departamentos ou grupos inteiros de uma só vez (por exemplo, @equipe-marketing ou @gerentes).
  • Use as contas de convidados para dar acesso limitado ao workspace a algumas pessoas. Esse recurso é perfeito para prestadores de serviços ou fornecedores externos com quem você normalmente se comunicaria por e-mail.
  • Os canais compartilhados permitem que organizações diferentes trabalhem juntas no mesmo canal, sem deixar os próprios workspaces do Slack.


Etapa 4: convidar membros para o workspace

Agora que você já concluiu a configuração básica do workspace, é hora de convidar membros para entrar.

Por padrão, qualquer membro pode convidar pessoas para o workspace. Os proprietários e administradores do workspace podem restringir a permissão de um membro para enviar convites.

Há duas maneiras de convidar novos membros para o workspace:

  • Enviar um convite por e-mail
    Insira o endereço de e-mail, assim como o nome completo da pessoa que você quer convidar. Após ela aceitar o convite, você a verá no seu workspace.
  • Como permitir a inscrição por e-mail
    Com a inscrição por e-mail ativada, qualquer pessoa com um endereço de e-mail de um domínio aprovado (por exemplo, o site da sua empresa) poderá criar uma conta e entrar no workspace automaticamente.

Membros convidados

As pessoas convidadas para um workspace que ainda não aceitaram esse convite podem ser adicionadas a canais, @mencionadas e também receber mensagens diretas de outros membros. Nesse caso, elas receberão notificações por e-mail e também poderão enviar respostas para o Slack por e-mail. 

Depois de aceitar o convite, o membro convidado poderá ver os canais aos quais foi adicionado e as próprias mensagens diretas no Slack. Assim, ele poderá continuar as conversas de onde parou. 


Etapa 5: apps e ferramentas para o workspace

O Slack permite conectar todas as ferramentas que você usa para trabalhar em um só lugar, eliminando a necessidade de alternar constantemente entre serviços.

Adicionar apps ao workspace

É possível encontrar apps de serviços que você já usa no Diretório de apps do Slack, incluindo ferramentas de pagamentos e contabilidade, gerenciamento de projetos, calendários e muito mais. Pesquise o Diretório de apps e escolha entre mais de 1.500 apps desenvolvidos especialmente para o Slack. Quando encontrar um app para instalar, ajudaremos você a fazer isso.

Os membros do workspace também podem clicar em   Apps na barra lateral esquerda do Slack para computadores para procurar apps, ver os apps usados recentemente e conferir outros apps instalados.

IA_app_launcher.png


Criar apps personalizados

Além de usar os apps disponíveis no Diretório de apps, sua equipe pode desenvolver apps personalizados para conectar ferramentas internas ao Slack. Confira algumas ideias para começar:

  • Integre as ferramentas de interação internas da empresa ao workspace do Slack para aproveitá-las. 
  • Direcione as notificações de outros serviços para o Slack para centralizar a comunicação. 
  • Reúna dados e informações de vários sistemas no Slack para aperfeiçoar fluxos de trabalho completos e entre sistemas.

Dica: para criar apps, é necessário ter conhecimentos técnicos. Confira mais informações no artigo Como personalizar o Slack com integrações internas, depois acesse a documentação sobre a API do Slack para começar.

Qual é o próximo passo?