Guia do criador de fluxo de trabalho

Quem pode usar este recurso?
  • Por padrão, todos os membros de um workspace podem criar fluxos de trabalho. Qualquer membro ou convidado pode usar os fluxos de trabalho adicionados aos canais aos quais pertence.
  • Planos Padrão, Plus e Enterprise Grid

O Criador de fluxo de trabalho oferece um conjunto de ferramentas (e não são necessários códigos!) para ajudar você a automatizar os processos de rotina em fluxos de trabalho no seu workspace do Slack. Os fluxos de trabalho no Slack podem ter a simplicidade ou a complexidade que você quiser, e podem até mesmo estar conectados a outros apps e serviços que você usa para trabalhar.

Continue lendo para conhecer o Criador de fluxo de trabalho e depois use os nossos tutoriais como um guia para criar o seu fluxo de trabalho. 


Glossário do Criador de fluxo de trabalho

Acionador A forma de começar o fluxo de trabalho. Você pode escolher um acionador do  menu de atalhos para iniciar seu fluxo de trabalho no menu de um canal, ou outro acionador para iniciar seu fluxo de trabalho automaticamente quando for realizada uma determinada ação.
Etapa A forma como as pessoas interagem com o fluxo de trabalho. Você pode adicionar etapas que enviam mensagens, personalizar formulários ou usar as etapas dos apps do Slack para vincular o fluxo de trabalho a outras ferramentas. 
Variável Informações enviadas para seu fluxo de trabalho que podem ser referenciadas em etapas. À medida que você adicionar mais etapas ao fluxo de trabalho, mais variáveis estarão disponíveis para escolha. 
Colaborador Um membro do seu workspace com permissão para gerenciar o fluxo de trabalho. Qualquer colaborador pode alterar ou remover etapas, gerenciar outros colaboradores e cancelar a publicação ou excluir um fluxo de trabalho.


Gerenciar o acesso ao Criador de fluxo de trabalho

Os proprietários e administradores podem, se quiserem, optar por restringir as permissões para a criação de fluxos de trabalho a determinados membros do seu workspace ou organização Enterprise Grid, e gerenciar o acesso a determinados recursos dos fluxos de trabalho:

  • Nos planos Padrão e Plus, os proprietários e administradores de workspaces podem optar por restringir a criação de fluxos de trabalho a proprietários, administradores e determinados grupos de usuários
  • No plano Enterprise Grid, os proprietários e administradores de organizações podem desativar o Criador de fluxo de trabalho para toda a organização. Se o criador de fluxo de trabalho estiver ativado, os proprietários e administradores de organização podem criar uma política que defina o acesso ou permitir que os proprietários e administradores de workspaces gerenciem o acesso. 

Confira mais detalhes em Gerenciar acesso e permissões do Criador de fluxo de trabalho.


Tutoriais e recursos do Criador de fluxo de trabalho 

Para ajudar você a criar um fluxo de trabalho, dividimos o processo em vários tutoriais. Os tutoriais do Criador de fluxo de trabalho orientam você para realizar a configuração inicial, adição e personalização de etapas, publicação e muito mais. Recomendamos assisti-los em ordem.

*Recomenda-se ter conhecimentos técnicos avançados.

Recursos adicionais

Confira as Dicas do Slack para encontrar uma biblioteca de ideias e modelos de fluxos de trabalho que você pode usar para começar. Se você for desenvolvedor, acesse a API do Slack para obter mais informações sobre a criação de etapas de fluxos de trabalho para um app do Slack. 


Visibilidade do fluxo de trabalho

Antes da publicação, o fluxo de trabalho fica visível apenas para você e os colaboradores adicionados. Depois da publicação, os proprietários e administradores do workspace também podem ver o fluxo de trabalho e se adicionar como colaboradores. Quando se torna colaborador de um fluxo de trabalho, o proprietário ou administrador pode editar, cancelar a publicação ou removê-lo do Slack. Todos os outros colaboradores são notificados pelo Slackbot quando um colaborador é adicionado ou removido.

Observação: se o fluxo de trabalho estiver em um canal privado do qual o proprietário ou administrador não sejam membros, o nome do canal privado não ficará visível para o proprietário ou administrador.


Criador de fluxo de trabalho e Enterprise Key Management (EKM)

Os clientes do Enterprise Key Management (EKM) que usam o criador de fluxo de trabalho vão perceber que os seguintes dados estão criptografados nas suas chaves: 

  • Modelo do fluxo de trabalho
    Etapas, mensagens, formulários e variáveis do fluxo de trabalho, além do canal ao qual ele for adicionado.
  • Mensagens e dados de formulários do fluxo de trabalho.
    Todas as mensagens e dados de formulários enviados ou coletados durante o fluxo de trabalho.

Se o EKM estiver ativado em sua organização, quaisquer fluxos de trabalho criados antes de 14 de maio de 2020 não serão criptografados. Os fluxos de trabalho criados nesse dia ou após essa data, além de todos os dados enviados e coletados por qualquer fluxo de trabalho, estarão em conformidade com o EKM. 

Observação: os nomes de fluxos de trabalho não são criptografados com o EKM.