Legos representando gráficos para ilustrar a complexidade dos dados de máquina, que a Splunk transforma em informações úteis para os clientes.
Cliente em destaque

Como a Splunk usa o Slack para tornar os dados de máquina relevantes para os clientes

“Não consigo nem imaginar um mundo sem o Slack. O Slack oferece um meio acessível para as pessoas responderem com agilidade, o que me permite ter acesso a uma gama muito maior de opiniões e pontos de vista.”

Kelly KitagawaEngenheiro de vendas, Splunk

Resultados de uso do Slack:

“O Slack facilitou muito o dia a dia. Todos estão juntos na mesma plataforma e na mesma comunidade. Assim, a magia acontece.”

Principais integrações usadas com o Slack:

  • Google Drive
  • Donut

Todos os dias, são gerados 2,5 quintilhões de bytes de dados, o suficiente para transmitir Netflix sem parar por quase 265.788 anos. Grande parte dos dados é gerada por humanos, mas as máquinas (como aviões, semáforos e dispositivos médicos) deixam suas próprias pegadas digitais. Todos esses dados deveriam ser um tesouro para as empresas, mas muitas delas estão se afundando em dados.

Felizmente, a empresa de software Splunk interpreta dados com muita eficiência, transformando dados de máquina em informações úteis e acessíveis. Na Splunk, os engenheiros de vendas (SEs, na sigla em inglês) atuam como intérpretes para seus clientes, que incluem mais de 90 das empresas presentes na lista Fortune 100. A tarefa deles é descomplicar as complicações, o mais rápido possível e, geralmente, no local. Sem pressão.

Duas funcionárias da Splunk analisam dados nos computadores.

No início da Splunk, os engenheiros de vendas usavam e-mails. Agora que a equipe se multiplicou e está distribuída em 29 unidades no mundo todo, o e-mail já não atende mais às necessidades. “Temos uma carteira cada vez maior de produtos, e o setor muda com tanta rapidez que precisamos garantir que os SEs tenham acesso ao conteúdo mais recente e de melhor qualidade”, explica Mike Dupuis, gerente sênior de engenharia de Vendas, estratégia e operações da Splunk. Usando o Slack para compartilhar informações com rapidez, colaborar em tempo real e ter visibilidade em continentes diferentes, a comunidade de engenheiros de vendas transformou seu tamanho em uma vantagem competitiva.

“Com o Slack, conseguimos reunir todas as nossas plataformas em um só mecanismo de busca que evolui à medida que as pessoas interagem nele e compartilham esse ativo com suas equipes.”

Mike DupuisGerente sênior de engenharia de Vendas, estratégia e operações, Splunk

Slack como base de conhecimento para os engenheiros de vendas

Os engenheiros de vendas estão espalhados pelo mundo todo e trabalham lado a lado com os clientes para demonstrar o valor da Splunk. Mas é fácil se sentir isolado. “É muito difícil nos comunicarmos e compartilhar práticas recomendadas quando não podemos ir para outro lugar. Quando você está no escritório do cliente, está sozinho”, afirmou Kelly Kitagawa, engenheira de vendas.

O Slack melhora a comunicação, reunindo centenas de engenheiros de vendas em um só lugar para resolver problemas, dar suporte e eliminar redundâncias. “Não importa se é uma integração com outro produto ou um caso de uso, agora sempre encontramos alguém que já fez isso antes”, comentou Dupuis. Recentemente, um engenheiro de vendas remoto buscava uma integração com o Tableau no canal #se. “Todos se reuniram e apresentaram práticas recomendadas, e agora é possível pesquisar o conteúdo quando alguém tem a mesma dúvida”, afirmou.

Kelly Kitagawa conta que o Slack ampliou a base de conhecimentos dela: “se eu tiver acesso às mentes de 600 pessoas, e a todas as informações dentro delas, serei uma engenheira de vendas mais eficaz”. Dupuis lembra que, quando os engenheiros de vendas conhecem bem a Splunk, “eles conseguem transmitir melhor nossa visão e assessorar os clientes”. Com esse banco de informações ao seu alcance, os engenheiros de vendas podem encontrar os dados de que precisam com agilidade.

An example workflow in the Splunk #se Slack channel
se
Lee Hao13h23Hi @here. I’m onsite with a customer and need to share our best practices guide with them. Anyone have it handy?
👀1
Liza Dawson13h23@Lee Hao here it is! https://docs.google.com/document/best-practices
Splunk Best PracticesDocument from Google Drive
fez upload deste arquivo: Splunk Best Practices
🙌1
Lee Hao13h23Thanks for the quick response @Liza Dawson!
👍1

“Como sou capaz de responder aos clientes muito mais rápido, também fecho negócios com mais velocidade”, afirma Kitagawa. Em vez de esperar dois ou três dias para receber a resposta de um colega ou gerente, ela resolve problemas de imediato. “Isso transforma produtividade em eficácia”, afirma.

O Slack também contribuiu para dar mais visibilidade, que é uma prioridade da empresa no mundo inteiro. Como normalmente os engenheiros de vendas da Splunk gerenciam suas contas em painéis personalizados, os gerentes precisam ter sempre uma visão do que está acontecendo. Então, a equipe da Splunk desenvolveu um app para o Slack. Nele, os gerentes usam o comando /splunkcapture para mostrar uma leitura do painel de um engenheiro de vendas no Slack. Com a captura de tela, os gerentes têm uma visão geral das oportunidades e dos possíveis indicadores de risco dos engenheiros. “Mesmo quando estão em trânsito, como em um hotel ou aeroporto, eles podem usar o comando de captura de tela para se manter atualizados”, explica Dupuis.

O trabalho remoto poderia ter reduzido o ritmo dos engenheiros de vendas. Em vez disso, eles usaram o app para dispositivos móveis do Slack para agilizar o trabalho, respondendo na hora aos clientes e usando sua capacidade intelectual coletiva para demonstrar o valor da Splunk em qualquer lugar.

“Graças ao Slack, eu realmente me conecto com meus clientes de um jeito diferente. Quero que eles me vejam como uma extensão da sua empresa e que, sempre que tiverem dúvidas, seja muito fácil falar comigo. O Slack é ideal para me ajudar a resolver o que eles precisam com rapidez.”

Kelly KitagawaEngenheiro de vendas, Splunk

Motivar funcionários e desenvolver líderes com o Slack

A Splunk continua ampliando sua base de funcionários a cada ano. Com tantas novas contratações, não é uma tarefa fácil manter a experiência da empresa. Fred McAmis, vice-presidente de Aprendizado e desenvolvimento, coloca ênfase no ciclo de vida e no crescimento dos funcionários. Ele sabe que ter oportunidades claras para o desenvolvimento profissional contribui para manter os funcionários motivados. “Queremos que a experiência de todos os funcionários da Splunk seja magnífica”, explica. “A ideia é que as pessoas vão se desenvolver profissionalmente enquanto estão aqui, e vamos fazer o possível para ajudar nesse desenvolvimento.”

A Splunk oferece cursos de liderança para todos os níveis, e cada curso tem um canal do Slack. McAmis acredita que, embora a formação seja o principal, o aprendizado é beneficiado. “Usamos o Slack para complementar o treinamento e oferecer uma nova maneira para as pessoas manterem contato e relembrarem o que aprenderam”, explica.

An example workflow in the Splunk #slp-new-leaders Slack channel
slp-new-leaders
Sara Parker9h37Hi leaders! In preparation for our leadership training this Thursday, what would you like to focus on?
1️⃣ Leading with vision
2️⃣ Giving and receiving feedback
3️⃣ Mentorship and career paths
1️⃣52️⃣113️⃣9
Steve Young10h14Looks like 2️⃣ and 3️⃣ are a close tie. @Sara Parker do you think we can cover both since they’re so closely tied?
🙌3
Lisa Zhang10h14Absolutely @Steve Young. This is a timely discussion given performance reviews are next month. @Sara Parker can you add it to the agenda?
1

McAmis reconhece que a maior parte do conhecimento é produzido fora do âmbito dos cursos estruturados. “As pessoas buscam diretamente o que precisam, quando precisam e têm motivação para fazer isso, para colocar em prática e poder seguir adiante com seu trabalho”, afirma. A Splunk usa o Slack para fornecer esse conhecimento no momento em que ele é necessário. “O Slack ajuda muito nisso. As mensagens digitais não se perdem, não evaporam. Elas ficam arquivadas em algum lugar e são organizadas de forma que as pessoas encontrem as informações”, diz McAmis.

McAmis também usa o Slack na integração de novos funcionários da Splunk, oferecendo de maneira gradual recursos importantes, recomendando novos canais e analisando suas opiniões por meio de pesquisas. Os novos funcionários participam de projetos em andamento e desenvolvem hábitos de comunicação que ajudarão durante toda a sua carreira na Splunk. Kitagawa ressalta que, com o Slack, os funcionários da Splunk podem falar com quem quiserem. “Não é necessário passar por todo um processo para entrar em contato com alguém. O Slack gera um senso de comunidade e conecta pessoas que estão isoladas ou que não trabalham no escritório.”

O Slack simplifica a vida dos mais de 4 mil funcionários da Splunk, seja porque se conectam com os novos colegas pelo bot Donut, participam de um grupo de recursos para funcionários ou assistem a uma aula de liderança.

“Para nós, o Slack foi o início de uma mudança de verdade na cultura da comunicação na empresa.”

Fred McAmisVice-presidente de Aprendizado e desenvolvimento, Splunk

Avançar nos projetos com o Slack

Antes do Slack, os funcionários da Splunk usavam várias ferramentas para se comunicar. O marketing usava o Skype. As áreas de produto e engenharia preferiam o HipChat. Como afirma Dupuis, para quem era responsável por várias funções, “a comunicação era difícil porque você não sabia onde procurar”. Era confuso, e a comunicação costumava ficar prejudicada. Os funcionários precisavam decidir entre trabalhar ou acompanhar as mensagens de e-mail, o que geralmente exigia analisar longas conversas de e-mail. “Cada uma delas era um pequeno projeto investigativo”, conta McAmis.

Quando o novo diretor-executivo de Tecnologia da Splunk entrou para a empresa, ele escolheu o Slack para a área de engenharia. “Começou como um projeto piloto e rapidamente se difundiu pela organização”, diz McAmis.

Conforme explica McAmis, a troca de mensagens rápidas e direcionadas no Slack ajuda sua equipe a avançar nos projetos. “O Slack é tão eficaz para a comunicação que você não precisa ficar usando o tempo todo”, ele conta. Por exemplo, todos os dias McAmis recebe atualizações no Slack dos seus subordinados diretos, e um emoji de polegar para cima é suficiente para dar seguimento ao trabalho. “É imediato”, afirma. “O e-mail é muito formal em comparação com ele.”

Os funcionários da Splunk, sejam novos, remotos ou que colaboram entre continentes, usam o Slack para simplificar o dia a dia. Ao mesmo tempo que o setor de Big Data está em constante mudança, as equipes evoluem de maneira flexível e usam o Slack como ferramenta de comunicação eficaz e rede de conhecimento, onde tudo está acessível.